Microsoft não irá mais fornecer atualizações de segurança para Windows 7 e 8.1 em PCs com processadores da nova geração.

A Microsoft já iniciou o que ela já havia anunciado, ano passado, que não iria mais fornecer atualizações de segurança para Windows 7 e 8.1 para usuários que possuem processadores de nova geração.

Isso porque, segundo a Microsoft, o fim do suporte se deve pelo fato de que os novos chips trazem recursos e hardware em que torna a compatibilidade com sistemas operacionais antigos mais difícil ou indesejável. No entanto, a empresa não comunicou quais seriam essas incompatibilidades.

Leia Mais:

Windows Vista deixa de receber suporte da Microsoft.

Tela azul da morte no Windows 7 depois da atualização do Avast.

Essa situação afeta principalmente usuários que utilizam processadores Intel de 7ª geração (Kaby Lake) e dos chips Ryzen da AMD. Já em relação aos modelos da 6ª geração da Intel (Skylake) variam de caso para caso. Modelos de PCs de 16 fabricantes ainda receberão suporte.

A Microsoft, portanto, fez uma ruptura do modelo de negócios. Isso porque tradicionalmente, ela sempre manteve o suporte total a versões antigas por no mínimo 10 anos, sem levar em consideração o hardware do computador.

Com a falta de atualização de segurança, o computador estará sucetível a falhas de segurança do sistema operacional que não serão corrigidas. O que expõe o usuário a riscos de roubos de informações.

Por isso, agora não é seguro o uso do Windows 7 e 8.1 em computadores de última geração. O recomendável é que você atualize o sistema operacional para o Windows 10 ou migre para outro sistema operacional.

Compre o Windows 10 da Loja Oficial da Microsoft e baixe na hora! Aproveite o novo navegador Microsoft Edge, Windows Defender e muito mais!


CEO

Aprecio empreendedorismo, tecnologia, administração e gestão de pessoas. Um dos fundadores do site e CEO da Optclean Tecnologia.