Spotify está sendo usado para lavagem de dinheiro; entenda o caso

Um escândalo chocante veio à tona na Suécia. Um jornal local, o Svenska Dagbladet (SvD) publicou uma investigação detalhada que revelou o uso do Spotify, a famosa plataforma de streaming de música, para lavagem de dinheiro por grupos criminosos suecos. Esta é a história por trás desse caso intrigante.

Grupos criminosos na Suécia têm aproveitado o Spotify para lavar dinheiro obtido de atividades ilegais, que incluem tráfico de drogas, roubos, fraudes e até assassinatos.

Imagem do aplicativo do Spotify em um celular preto sendo segurado por uma mão e fones de ouvido ao fundo
Imagem: Fath / unsplash.com

Como funciona a lavagem de dinheiro?

Como eles realizam esse processo? Eles lançam músicas através de artistas associados a eles e, em seguida, executam downloads fraudulentos dessas músicas. Isso lhes permite receber pagamentos da plataforma, que é uma das maiores e mais lucrativas do mundo quando se trata de música digital.

Veja também:

Saiba como manter 100% sua segurança no WhatsApp

Para uma compreensão mais detalhada, esses grupos convertem dinheiro ilícito em Bitcoin, uma criptomoeda amplamente reconhecida. Usam o Bitcoin para remunerar pessoas que realizam esses downloads falsos, gerando-lhes lucro.

Na Suécia, estima-se que um milhão de downloads fraudulentos possa resultar em ganhos de 40.000 a 60.000 coroas suecas, o que equivale a aproximadamente 3.600 a 5.400 dólares americanos ou 17.891 a 26.837 reais, com base na taxa de câmbio atual.

A posição do Spotify

Quando o inspetor de polícia responsável pela investigação tentou entrar em contato com o Spotify em 2021 para denunciar essa prática criminosa, ele não obteve resposta da empresa.

No entanto, o Spotify, em uma declaração à Agence France-Presse (AFP), afirmou que os downloads falsos são um problema desafiador para toda a indústria e que estão trabalhando duro para resolvê-lo.

Este caso não apenas choca, mas também evidencia como criminosos conseguem explorar brechas em sistemas globais para financiar suas operações de maneira ilegal. Além disso, destaca a importância de fortalecer os mecanismos de controle e fiscalização em plataformas digitais. Isso não só protegerá os usuários, mas também manterá a integridade do setor.

Imagem: WDnet Creation / shutterstock.com

Relacionadas