Serviço do Google deixará de funcionar em diversos celulares; veja se vai perder acesso

Recentemente, o Google anunciou uma mudança significativa para o aplicativo Google Wallet, que impactará usuários de dispositivos Android mais antigos e de relógios inteligentes que operam em versões anteriores do sistema.

Sendo assim, a partir de 10 de junho de 2024, o aplicativo exigirá que smartphones tenham instalado o Android 9 ou superior e relógios inteligentes o Wear OS 2.x ou superior. Essa medida afeta diretamente dispositivos que operam com versões mais antigas desses sistemas operacionais.

Desse modo, o principal motivo para esta atualização é a segurança do usuário. Aplicações antigas não suportam os patches de segurança recentemente implementados, necessários para manter protegido o recurso de transações por toque com a tecnologia NFC do Google Wallet.

Qual a porcentagem de usuários impactados pela decisão do Google?

Fachada da Google
Imagem: JHVEPhoto / shutterstock.com

Segundo dados do Android Studio, 86,4% dos dispositivos móveis já operam com o Android 9 (Pie) ou superior, indicando que a maioria dos usuários não será afetada por esta mudança.

Usuários com dispositivos não compatíveis deverão considerar atualizar o sistema operacional de seus aparelhos. Nos casos em que isso não for possível, a alternativa será adquirir um novo dispositivo que suporte as versões requeridas do sistema operacional para continuar utilizando os serviços de pagamento do Google Wallet.

Logo, mantenha-se sempre atualizado com as últimas versões dos sistemas operacionais. Elas não apenas garantem o acesso a novos aplicativos e funcionalidades, como também incluem correções de segurança importantes que protegem seus dados e a integridade de suas transações financeiras.

Atualizando o Android

Muitas pessoas se questionam como atualizar o dispositivo Android. Dessa maneira, você pode verificar a disponibilidade de atualizações de sistema nas configurações do seu aparelho, em ‘Sobre o telefone’ e ‘Atualização de software’.

Ademais, surge a dúvida de se o Google Wallet é seguro. Sim, usando os padrões de segurança mais recentes, o Google Wallet permite realizar transações seguras e proteger suas informações pessoais e financeiras.

Veja também:

Loja própria da Microsoft para jogos mobile deve ser lançada em julho; saiba mais

Portanto, certifique-se de estar preparado para essa mudança, garantindo assim a continuidade e segurança no uso dos serviços de pagamento digital do Google.

Imagem: Firmbee / Pixabay

Relacionadas