Saiba quem é o Eduardo Saverin, o brasileiro mais rico do mundo com fortuna de R$ 141 bilhões

Na recente lista de bilionários divulgada pela Forbes, um nome brasileiro continua a brilhar entre os mais ricos do mundo: Eduardo Saverin. Com um patrimônio impressionante, o cofundador do Facebook se destaca não apenas por sua fortuna, mas também por sua trajetória repleta de decisões audaciosas e investimentos estratégicos.

Sendo assim, Eduardo Saverin, nascido em 1982 em São Paulo, não é somente conhecido por ser um dos mentores por trás do gigante das redes sociais, Facebook. Sua história de sucesso é adornada por uma série de empreendimentos inteligentes e movimentos financeiros acertados que multiplicaram sua riqueza ao longo dos anos. Confira mais abaixo!

Quem é Eduardo Saverin?

Foto de Eduardo Saverin
Imagem: Wei Leng Tay/Bloomberg / Getty Images

A Forbes, em sua lista de 2024, posicionou Saverin como o 60º homem mais rico do mundo com um patrimônio de US$ 28 bilhões (aproximadamente R$ 141,4 bilhões), evidenciando um crescimento substancial de sua fortuna em comparação a anos anteriores.

Na universidade de Harvard, Saverin e Mark Zuckerberg deram início ao que seria o Facebook, uma rede social que revolucionou a maneira como nos conectamos online. Contudo, não foi somente a invenção dessa plataforma que colocou Saverin na rota do bilionarismo.

Após uma disputa legal com Zuckerberg, que resultou em um acordo extrajudicial, Saverin soube diversificar seus investimentos, apostando em startups e no mercado de capital de risco por meio de sua empresa B Capital.

Por que Saverin renunciou à cidadania americana?

Em uma decisão que gerou muitos debates, Eduardo Saverin renunciou à sua cidadania americana em 2011, pouco antes do IPO do Facebook. Essa estratégia foi amplamente vista como uma maneira de otimizar seus pagamentos de impostos sobre o imenso retorno financeiro que obteria com a abertura de capital da empresa, poupando-o de aproximadamente US$ 700 milhões em taxas.

Essa jogada, embora controversa, destaca a astúcia financeira de Saverin e sua habilidade em navegar complexidades fiscais internacionais. Longe de se acomodar em sua fortuna, Saverin segue investindo ativamente no ecossistema de startups, particularmente na Ásia.

Veja também:

Ótima notícia para o seu bolso: preços de eletroeletrônicos tem queda de 7,4%

Sua empresa, B Capital, com investimentos substanciais em novas empresas promissoras, tem um foco especial em tecnologia e inovação. Recentemente, participou de uma rodada de investimento que resultou em US$ 320 milhões para a Lambda, reforçando sua influência no setor tecnológico global.

Em resumo, com sua abordagem estratégica e um olho para oportunidades futuras, Saverin é um exemplo de como inovação, risco e visão de negócios podem andar de mãos dadas rumo ao sucesso.

Imagem: Wei Leng Tay/Bloomberg / Getty Images

Relacionadas