Saiba aqui como criar senhas fortes

A segurança digital é uma preocupação crescente em um mundo cada vez mais conectado. Com a constante ameaça de violações de dados e ataques cibernéticos, a importância de criar senhas fortes nunca foi tão evidente.

As senhas desempenham um papel crucial na proteção de informações pessoais e profissionais, sendo a primeira linha de defesa contra invasões não autorizadas. Neste contexto, entender como criar senhas robustas é essencial para fortalecer a segurança online. Este artigo oferecerá insights e dicas práticas para garantir que suas senhas sejam eficazes na proteção dos seus dados contra ameaças digitais.

Como criar senhas fortes

Para criar senhas fortes, é fundamental considerar vários elementos. Comece a garantir que a senha seja longa, com pelo menos 12 caracteres, misturando letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais. Evite informações pessoais óbvias, como nomes ou datas de nascimento.

celular com na tela de bloqueio, esperando a senha. Ao fundo, um notebook prata.
Imagem: Tero Vesalainen / shutterstock.com

Uma boa abordagem é formar senhas a partir de frases que tenham significado pessoal e, em seguida, abreviá-las e adicionar variações. A variedade e imprevisibilidade tornam a senha mais resistente a ataques cibernéticos. Escolher senhas exclusivas para cada conta e evitar sequências numéricas simples também é crucial para a segurança online.

Veja também:

7 fortes sinais de que você vive um relacionamento abusivo

Boas práticas de segurança cibernética

Além de criar senhas fortes, existem boas práticas que você deve adotar para manter suas contas seguras:

  • Troque a senha regularmente: altere suas senhas a cada 60-90 dias para evitar que fiquem vulneráveis ​​ao longo do tempo;
  • Use caracteres especiais: adicione caracteres especiais às suas senhas para aumentar sua complexidade e torná-las mais desafiadoras de serem decifradas.
  • Não reutilize senhas: elabore senhas exclusivas para cada conta, evitando riscos caso uma delas seja comprometida;
  • Utilize um antivírus: assegure a proteção do seu dispositivo por meio de um antivírus confiável, capaz de detectar e eliminar ameaças online;
  • Use autenticação de múltiplos fatores: adicione uma camada extra de segurança às suas contas exigindo uma segunda forma de autenticação, como um código enviado para o seu celular;
  • Evite sequências numéricas: senhas previsíveis, como “12345678,” são extremamente inseguras. Opte por senhas únicas.

Imagem: tsingha25 / shutterstock.com

Relacionadas