Quer parcelar um Pix? Veja aplicativos que aceitam essa forma de pagamento

Você sabia que é possível parcelar uma compra feita com Pix? Embora não seja muito conhecido pelos usuários, esse recurso foi criado em 2021 e auxilia consumidores a realizar compras quando não possuem o valor integral para pagar à vista por um produto ou serviço.

Algumas das instituições financeiras mais utilizadas pelos brasileiros oferecem essa alternativa. É o caso do Nubank e do PicPay, por exemplo, que dividem as compras em Pix em até 12 vezes. Ambas permitem o parcelamento dos pagamentos instantâneos através do limite de cartão de crédito, no entanto, há cobrança de juros.

Existem, ainda, outras modalidades de parcelamento de Pix. A Drip e a Pagueleve, por exemplo, não utilizam o cartão de crédito nem cobram juros, mas por outro lado, permitem menos parcelas e restringem a operação apenas à lojas parceiras.

Como funciona o parcelamento de Pix?

Ao optar pela modalidade, o cliente consegue providenciar que o dinheiro necessário para uma compra seja enviado integralmente, mas assume o compromisso de acertar o valor em parcelas.

Para quem recebe o valor, a operação não tem nenhuma diferença (é como se fosse à vista). Já quem envia, fica sujeito aos procedimentos estabelecidos pela insituição financeira que permitiu a operação.

Em suma, o banco “empresta” um dinheiro para o cliente fazer o Pix e ele, por sua vez, fica sujeito às condições da instituição para devolver.

Veja também:

Qual foi o 1º vídeo postado no YouTube? Veja quem postou

Apps que permitem Pix parcelado

Além do Nubank, PicPay, Drip e Pagueleve, outras plataformas também permitem a operação. São elas:

Santander

O banco oferece o maior número de parcelas disponível para a modalidade, permitindo que seus clientes dividam um Pix em até 24 vezes. Outra vantagem é a possibilidade de pagar a primeira parcela em até 59 dias depois da compra.

Para utilizar o recurso, não é necessário ter cartão de crédito, mas a pessoa deve ser cliente do banco, além de ser obrigada a contratar um crédito de valor igual ou superior ao da compra (no mínimo, R$ 100).

Mercado Pago

A plataforma permite o parcelamento de Pix com qualquer cartão de crédito cadastrado. Se o cliente não tiver um cartão, é possível usar o Mercado Crédito, recurso disponibilizado para empresas que também permite o Pix parcelado.

Digio

O Digio funciona de modo semelhante aos mecanismos do Nubank e do PicPay. A plataforma utiliza o limite de crédito do cliente e oferece a divisão em até 12 vezes. Pode ser usada para compras em lojas e até para transferências para pessoas físicas.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Relacionadas