Quais são as profissões mais difíceis de conseguir emprego no Brasil?

Com a economia abalada e mudanças tecnológicas sempre presentes, a realidade das profissões muda constantemente. Sendo assim, as áreas que eram promissoras até algum tempo atrás, hoje podem estar com vagas escassas.

Por isso, fizemos um levantamento para saber quais são as profissões mais difíceis de conseguir emprego atualmente no Brasil. Nesse contexto, a taxa de desemprego no país atingiu níveis alarmantes, com cerca de 12 milhões de pessoas desempregadas.

Além disso, o número de concorrentes por vaga pode chegar a 250 pessoas em algumas áreas. Empresas cada vez mais exigentes também contribuem para o aumento da dificuldade em conseguir um emprego, visto que o tempo de experiência e a qualificação exigidos são entraves para muitos candidatos.

Veja também:

Confira quais signos mais terão sorte no amor em 2024

Profissões mais difíceis de conseguir emprego

Fotos de profissões variadas
Imagem: Gorodenkoff / shutterstock.com

Primeiramente, para elaborar essa lista de profissões, consideramos a quantidade de vagas disponíveis no mercado e os relatos de trabalhadores e profissionais de recursos humanos. Vale lembrar que além da quantidade de vagas, outros fatores podem influenciar na dificuldade de se conseguir um emprego, como a infraestrutura do setor, alterações na legislação, entre outros. Vamos à lista:

  1. Jornalista: A área de jornalismo vem sofrendo com as mudanças no consumo de notícias e com a crescente onda de notícias falsas. Além disso, a polarização política atual deixa o cenário ainda mais complexo para essa profissão;
  2. Biólogo: Nos últimos anos, a área de biologia tem sofrido com a falta de financiamento para pesquisa, o que tem dificultado a criação de novas vagas de emprego;
  3. Geólogo: Esses profissionais têm como principais empregadores a indústria de mineração e petróleo, que estão altamente sujeitas a flutuações econômicas;
  4. Publicitário e profissionais de marketing: O mercado de comunicação é altamente competitivo e exige constante atualização. Conseguir se destacar pode ser um grande desafio;
  5. Cineasta e profissionais do cinema: Com dificuldades de financiamento e grande concorrência de produções estrangeiras, profissionais do cinema enfrentam um cenário difícil para a contratação;
  6. Ator: Além da precarização e da instabilidade financeira da profissão, conseguir uma vaga nesta área também é um desafio por conta da alta concorrência;
  7. Músico: Com a digitalização da música, a monetização da arte dos músicos se tornou ainda mais desafiadora, o que complica a entrada no mercado de trabalho e manutenção da carreira;
  8. Antropólogo: A dificuldade de se conseguir vagas em pesquisa e de aplicação prática da antropologia gera um cenário de poucas oportunidades para esses profissionais;
  9. Designer de moda: Embora a moda seja uma indústria em constante transformação, a concorrência com marcas internacionais gera uma barreira para designers brasileiros.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

Relacionadas