Programa Internet Brasil: saiba quem pode receber celulares e chips com internet grátis!

O programa Internet Brasil, uma iniciativa do Governo Federal, tem como principal objetivo oferecer acesso à internet para estudantes de baixa renda em todo o Brasil. Sendo assim, a medida visa garantir que alunos que não dispõem de recursos financeiros suficientes possam se manter conectados e aproveitar as oportunidades educativas que a internet proporciona.

Desse modo, para se beneficiar do Internet Brasil, os estudantes devem estar cadastrados no CadÚnico. A inscrição pode ser feita pelos pais ou responsáveis nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) espalhados pelo país. Uma vez inscritos, os alunos elegíveis recebem chips com acesso gratuito à internet, facilitando o acompanhamento das aulas e o acesso a materiais didáticos online.

Quais são os benefícios diretos do Internet Brasil?

Mulher usar laptop e smartphone conectados à internet
Imagem: Viewvie / Shutterstock.com

A distribuição gratuita de chips de internet é parte de uma estratégia maior do governo para combater a evasão escolar e manter crianças e jovens no sistema educacional. Este acesso não se restringe apenas ao período da pandemia, mas é visto como um componente crucial para a educação do futuro.

Com a crescente digitalização da sociedade, o acesso à internet tornou-se um requisito essencial para uma aprendizagem eficaz. O Internet Brasil não apenas equipa os estudantes com as ferramentas necessárias para seus estudos, mas também promove uma inclusão digital que transcende o ambiente escolar, preparando-os melhor para o mercado de trabalho futuro.

A expansão do Internet Brasil promete alcançar um número significativo de alunos em diversas regiões do país, oferecendo melhores condições para o acompanhamento escolar a distância. Desde seu lançamento, a iniciativa já distribuiu mais de 10 mil chips em estados do Nordeste como Pernambuco e Rio Grande do Norte, além de municípios no Sudeste, como Minas Gerais.

Como participar do programa?

Participar é simples: os interessados devem dirigir-se ao CRAS mais próximo, levando documentos pessoais para efetivar o pré-cadastro. No CRAS, serão informadas todas as etapas necessárias para aderir ao programa, desde o cadastro até a entrega dos chips de internet.

Este programa representa um passo significativo na redução da desigualdade digital e na promoção de um futuro mais justo e igualitário. Ao garantir que estudantes de todos os backgrounds tenham acesso à internet, o Governo Federal reforça seu compromisso com a educação e a inclusão social.

Veja também:

Lista dos filmes que estreiam em maio nos cinemas é revelada; confira

Com o Internet Brasil, a tecnologia agora é uma aliada na educação de milhões de estudantes, garantindo que a falta de recursos não seja um impedimento ao aprendizado e ao desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens brasileiros.

Imagem: Viewvie / Shutterstock.com

Relacionadas