Presidente da Caixa faz declaração surpreendente sobre grande mudança no pagamento do Bolsa Família

Se você é beneficiário do Bolsa Família, fique atento a este texto, pois o sistema de pagamentos do programa está prestes a receber uma novidade inédita em sua história.

Depois de alguns meses de especulação, a presidente da Caixa Econômica Federal (banco responsável pela distribuição dos benefícios), Rita Serrano, anunciou esta semana que a entidade poderá implementar o pagamento dos depósitos com o Drex, nova moeda digital criada pelo Banco Central.

A expressão (Drex) é o novo nome do Real Digital, que, de acordo com o que foi divulgado pelo BC nesta segunda-feira (7), foi rebatizado e deve ser posto em circulação a partir de setembro. Para entender melhor essa história, continue a leitura a seguir.

Mudanças no pagamento do Bolsa Família

A informação foi confirmada por Serrano em uma entrevista concedida ao Jornal Nacional. Na ocasião, a executiva explicou que a Caixa está desenvolvendo um laboratório de produtos digitais e confirmou que, até setembro, poderá pagar os benefícios do Bolsa Família usando a nova moeda virtual.

No entanto, a presidente do banco garantiu que antes de o novo sistema ser implementado, ele deve ser amplamente testado, entrando no processo de pesquisa da nova moeda, que já está sendo conduzido com o intuito de verificar a viabilidade do projeto.

Para que vai servir o Drex?

Segundo o Banco Central, a iniciativa tem o objetivo de introduzir a moeda digital na economia. A ideia é que ela possa ser usada principalmente no atacado em serviços financeiros, de forma semelhante ao que é o Pix hoje em dia.

O plano é que o Drex funcione para diferentes atividades econômicas e facilite a transferência de grandes volumes de dinheiro com agilidade. Essas operações não incluirão taxas ou variações, com R$ 1 correspondendo a 1 Drex. No entanto, as operações com a moeda digital deverão ser mais seguras, graças ao uso do recurso de blockchain.

Imagem: Adao / Shutterstock.com

Relacionadas