O que acontece com o corpo quando se para de tomar refrigerante?

A preocupação com a saúde tem levado muitas pessoas a abandonarem o consumo de refrigerante. Sendo assim, conhecidas pelo alto teor de açúcar e substâncias químicas, essas bebidas estão relacionadas a uma série de problemas de saúde.

Todavia, quais são os benefícios reais ao deixar de consumi-las? A Dra. Andrea Sampaio, médica nutróloga do Hospital Sírio-Libanês, esclarece essa dúvida com base em evidências médicas.

Quando você reduz o consumo de refrigerantes, as primeiras mudanças que pode notar são a perda de peso e uma diminuição na sensação de inchaço. Isso ocorre porque o corpo deixa de processar a quantidade excessiva de açúcar e substâncias químicas que essas bebidas contêm.

Benefícios ao parar de beber refrigerante

Garrafas de refrigerante
Imagem: Kwangmoozaa / Shutterstock
  • Redução de peso: O açúcar dos refrigerantes contribui significativamente para o aumento de peso. Segundo a Dra. Andrea, “uma lata de 350 ml pode conter cerca de 10 colheres de chá de açúcar”. Cortar essa fonte de calorias pode ajudar grandemente na perda de peso;
  • Maior controle sobre diabetes e variações de humor: Os picos e quedas dos níveis de açúcar no sangue são estabilizados, melhorando o humor e evitando riscos de diabetes;
  • Qualidade da pele: Sem o excesso de açúcar, sua pele pode se tornar menos propensa a acne e outros problemas, como a rigidez do colágeno, relata a Dra. Andrea.
  • Prevenção de doenças hepáticas e até câncer: O excesso de gordura no fígado pode ser evitado, reduzindo o risco de complicações sérias como cirrose e câncer hepático;
  • Fortalecimento dos dentes e ossos: sem as substâncias ácidas dos refrigerantes, há uma melhoria na saúde bucal e uma redução no risco de osteoporose;
  • Menos inflamação e riscos de doenças cardiovasculares: A redução de substâncias inflamatórias e radicais livres pode diminuir o risco de infartos e AVCs.

Mudança de hábitos

A Dra. Sampaio ainda enfatiza a melhoria na concentração e na memória como um dos principais benefícios de cortar o refrigerante da dieta. A diminuição do risco de demência também é uma vantagem significativa, ligada à melhoria geral na qualidade de vida e bem-estar mental.

Ao reformular os hábitos de consumo, não apenas a saúde física é beneficiada. O bem-estar mental e a capacidade cognitiva também são amplamente melhorados, mostrando que a decisão de eliminar os refrigerantes pode ser uma mudança de vida para muitos.

Veja também:

Dicas de ouro para emagrecer rápido e sem sofrimento; confira

Portanto, a iniciativa de abster-se de refrigerantes pode ser um grande passo para uma vida mais saudável e equilibrada. Vale a pena considerar essas informações ao fazer escolhas diárias sobre o que consumimos.

Imagem: Craig Adderley / pexels.com

Relacionadas