Evite estes alimentos se quiser ter uma vida longa; veja quais são

Neste novo e imprevisível ano de 2023, creio que muitos de nós querem saber mais sobre como manter a saúde em dia e promover a longevidade. Sendo assim, uma maneira eficaz de fazer isso é através dos alimentos que escolhemos incorporar em nossas dietas.

Desse modo, para entender mais sobre o assunto, David Wiener, especialista em nutrição, revelou quais são os cinco alimentos e bebidas que você deve evitar se quiser viver mais e melhor. Vamos ao que interessa! Confira abaixo quais são esses vilões que você deve ficar longe se quiser ter uma saúde melhor e uma vida mais longa!

Alimentos para evitar

Diversos tipos de alimentos que aliviam a sensação de cansaço
Imagem: Tatjana Baibakova / shutterstock.com

Álcool

Muito apreciado por alguns, o álcool pode se tornar um inimigo da saúde quando consumido em excesso. “Embora alguns possam achar impossível cortar completamente o álcool, beber com moderação ou reduzir a sua ingestão pode ter um efeito significativo na sua saúde e longevidade”, adverte Wiener.

Sal

O sal, tão indispensável em diversas receitas, quando consumido em quantidades exageradas pode levar a um aumento da pressão arterial. “Comer muito sal faz com que seu corpo retenha água para livrar o excesso de sal. Isso pode fazer com que sua pressão arterial suba”, explica o especialista.

Margarina

A margarina pode ser uma surpresa nessa lista. Apesar de ser tida como uma alternativa mais saudável à manteiga, é um alimento altamente processado e rico em componentes químicos. “O ingrediente diacetil, presente na margarina, promove a agregação da proteína beta-amilóide, que é uma característica comum na demência e no Alzheimer”, afirma Wiener.

Refeições prontas

Aqui vai uma má notícia para os adeptos das refeições prontas: elas podem ser grandes inimigas da longevidade. Segundo Wiener, esses alimentos costumam ser repletos de ingredientes artificiais que podem ser prejudiciais ao organismo, além de serem desprovidos de vitaminas e minerais.

Gordura saturada

Por último, mas igualmente importante, a recomendação é reduzir o consumo de gordura saturada, substituindo-a por gordura insaturada. “Os produtos alimentares ricos em gorduras insaturadas incluem óleos vegetais, azeite, óleo de girassol e óleo de nozes e sementes. As próprias nozes e sementes, assim como os abacates, são boas opções”, indica Wiener.

Veja também:

Estas são as palavras mais difíceis de traduzir; confira quais são

Em suma, para alcançar a tão sonhada longevidade, não basta apenas praticar exercícios e ter um estilo de vida ativo. A alimentação desempenha um papel crucial neste processo, e enquanto alguns alimentos e hábitos podem promover a saúde, outros podem sabotar nossos esforços.

Imagem: TY Lim / Shutterstock.com

Relacionadas