Estudo revela que gamers podem sofrer perda auditiva irreversível; entenda

Um estudo publicado na BMJ Public Health indicou que jogar videogame pode colocar os jogadores em maior risco de perda auditiva e zumbido. O estudo revisou 14 estudos que envolveram mais de 50 mil participantes e descobriu que os níveis de ruído dos fones de ouvido usados durante os jogos de tiro estavam entre 88,5 e 91,2 decibéis.

Para efeito de comparação, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda uma exposição máxima de 85 decibéis durante 4 horas por semana e 90 decibéis durante 1 hora e 15 minutos por semana. Micro ruídos de tiros nos jogos podem atingir impressionantes 119 decibéis, o que sugere que o volume pode estar contribuindo para a deterioração da audição dos gamers.

Perda auditiva nos gamers: exposição prolongada a volume alto é fator preocupante

gamer
Imagem: Parilov / shutterstock.com

Os pesquisadores acreditam que o tempo que os jogadores passam expostos a volumes elevados é grande parte do problema da perda auditiva.

Veja também:

Veja como bloquear empresas no WhatsApp

Em média, os gamers jogam videogames por cerca de 3 horas por semana, muitas vezes expostos a níveis de ruído superiores ao limite de exposição recomendado pela OMS.

Auditoria de centros de jogos

O estudo também analisou os níveis de som dos centros de jogos, populares na Ásia, e descobriu que o nível médio de ruído quase excedeu ou ultrapassou os limites de exposição ao ruído permitidos.

No geral, quatro dos cinco estudos revisados ​​relataram associações ou correlações significativas entre jogos e perda auditiva ou zumbido.

Zumbido pode ser um problema

Além da perda auditiva, o estudo também associou os jogos a um maior risco de zumbido, que é “uma ilusão auditiva, ou seja, uma sensação sonora não relacionada com uma fonte externa de estimulação”, conforme definido pelo Ministério da Saúde.

Os pesquisadores concluíram enfatizando a necessidade de estudos adicionais para investigar a associação entre os jogos e a perda auditiva, além de proporem estratégias de prevenção para reduzir o risco. Enquanto isso, a recomendação é que os jogadores limitem sua exposição a volumes altos e façam pausas frequentes para proteger a audição.

Imagem: Parilov / shutterstock.com

Relacionadas