Descubra o que acontece se um passageiro morrer durante um voo

Em meio às alturas, incidentes inesperados podem transformar o céu em palco de desafios imprevisíveis. Recentemente, um voo internacional da companhia aérea Azul, destinado ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, foi palco de uma tragédia inusitada, quando uma passageira veio a falecer durante um voo.

O evento desencadeou uma série de procedimentos delicados e decisões cruciais por parte da tripulação, levando-os a enfrentar dilemas éticos, logísticos e jurídicos.

Dessa forma, a busca por um equilíbrio entre a segurança dos demais passageiros e a dignidade diante do óbito tornou-se uma tarefa complexa. Mas afinal, o que acontece quando um passageiro morre a bordo? Descubra a seguir.

Morte a bordo: o que ocorre se um passageiro morrer durante um voo?

Saiba o que é feito quando é constatada uma morte em uma aeronave:

  • Verificação do óbito por um profissional médico, quando disponível;
  • Discreta cobertura do corpo com um lençol e fixação ao assento;
  • Realocação de passageiros nas proximidades para preservar o isolamento da área;
  • Manutenção de comunicação constante entre a tripulação e o piloto para relatar as ações realizadas;
  • Decisão do piloto sobre a necessidade de um pouso imediato ou continuação até o destino.

Veja também: Alerta urgente para pessoas que usam o WhatsApp

avião
Imagem: Steve001 / Pixabay
  • Registro minucioso no diário de bordo, abrangendo informações pessoais, aeroportos envolvidos, acompanhantes, números dos bilhetes e detalhes sobre o atendimento médico prestado;
  • Orientações aos passageiros para permanecerem sentados após o pouso até a intervenção das autoridades médicas;
  • Fornecimento de informações à polícia, conforme necessário, esclarecendo as circunstâncias da morte.

Após o pouso

Após o pouso, os passageiros são orientados a permanecerem sentados até que as autoridades médicas concluam suas atividades. Além disso, o piloto é encarregado de prestar esclarecimentos à polícia sobre as circunstâncias da morte, podendo ser convocado posteriormente para fornecer detalhes adicionais.

Nos casos em que um pouso imediato não é viável, fatores como o peso da aeronave e as condições do aeroporto mais próximo entram em consideração. A segurança dos passageiros é a principal prioridade, e o piloto pode necessitar voar por um período adicional para ajustar o peso da aeronave ou encontrar um aeroporto mais apropriado.

Imagem: Bruno Martins Imagens / shutterstock.com

Relacionadas