Demissões em massa crescem em 2023 devido a reestruturação de negócios com avanço da IA

O ano de 2023 foi marcado por um aumento significativo nas demissões em massa, destacando um cenário preocupante para o mercado de trabalho e a saúde mental dos trabalhadores. Um estudo realizado pelo Ecossistema Great People & GPTW revelou que um número crescente de empresas realizou grandes cortes.

Os setores mais afetados, principalmente o tecnológico, viram um aumento nas demissões, uma tendência parcialmente impulsionada pelo próprio desenvolvimento e implementação da inteligência artificial. Este aumento nas demissões gerou uma atmosfera de incerteza e pressão, contribuindo para uma piora significativa na saúde mental dos trabalhadores, com um aumento nos casos de ansiedade, depressão e burnout.

Qual o impacto das demissões em massa na saúde mental?

Com o mercado em constante mutação, o relacionamento entre empresas e colaboradores sofreu grandes alterações, afetando diretamente a percepção de estabilidade e segurança no emprego. Especialistas apontam que o medo constante de demissões está diretamente ligado a um aumento na pressão para manter um alto desempenho, o que, por sua vez, eleva os níveis de estresse e contribui para a deterioração da saúde mental dos funcionários.

demissões em massa
Imagem: Mikhail Nilov/Pexels.com

Diante desse cenário, apenas uma fração das companhias investe de fato em medidas de apoio à saúde mental de seus colaboradores. A pesquisa da GPTW indicou que, apesar da maioria considerar a saúde mental um tema crítico na gestão de pessoas, menos da metade das empresas adota políticas efetivas para tratar do bem-estar mental de seus funcionários.

O futuro do trabalho

O relatório da GPTW aponta para uma ligeira melhora na perspectiva para 2024, com uma taxa de otimismo que se recuperou para 70,4%. Além disso, quase metade dos respondentes disse que suas empresas pretendem expandir o quadro de funcionários este ano. Contudo, a dificuldade em contratar novos talentos, continua sendo um desafio significativo para o crescimento empresarial.

Veja também:

Afinal, a mudança de temperatura afeta a saúde?

Esta realidade do mercado de trabalho, combinada com as preocupações relativas à saúde mental dos trabalhadores, destaca a necessidade urgente de as empresas adotarem práticas mais humanizadas. A tendência crescente de demissões em massa não apenas altera o panorama do emprego, mas também afeta profundamente a vida dos indivíduos, evidenciando a importância de repensar as estratégias empresariais e de gestão de pessoas.

Imagem: Mikhail Nilov/Pexels.com

Relacionadas