Cuidado nesta Páscoa! Chocolate causa acne?

Muito se especula sobre o impacto do chocolate na saúde da pele, especialmente quando a Páscoa se aproxima e o consumo deste doce aumenta significativamente. Sendo assim, a dúvida se o chocolate é realmente um vilão para aqueles com tendência à acne torna-se ainda mais presente.

Desse modo, o verdadeiro problema, apontado por profissionais da área, são os ingredientes frequentemente adicionados ao chocolate, tais como açúcar, gordura hidrogenada e leite.

Esses componentes possuem alto índice glicêmico, o que propicia um aumento na secreção de insulina que, por sua vez, influencia diretamente no funcionamento da glândula sebácea. Logo, aumentando a produção de sebo e agravando o quadro de acne.

Consumo do chocolate

chocolate
Imagem: Davizro Photography / shutterstock.com

O cacau, base do chocolate, é rico em minerais e polifenóis, sendo inclusive utilizado em produtos cosméticos diversos, devido aos seus benefícios à saúde da pele. Contudo, o açúcar é visto como um grande vilão nos dias de hoje, não apenas pela sua relação com a acne, mas também por estimular a produção de radicais livres, acelerando o envelhecimento e elevando o risco de diversas doenças.

De acordo com a especialista Viviane Scarpa, o cacau tem poder antioxidante, capaz de melhorar o quadro de acne. Além disso, chocolates com alta porcentagem de cacau (70% ou mais) podem trazer benefícios à saúde, como melhoria no humor e sensação de bem-estar, devido ao aumento na produção de serotonina.

Portanto, para os amantes de chocolate, a recomendação é optar por versões amargas e com maior teor de cacau. Ademais, especial atenção deve ser dada ao chocolate branco, que é mais rico em açúcares e gordura hidrogenada e deve ser evitado por quem possui acne.

Como manter a pele saudável e ainda assim desfrutar do doce?

Para aqueles que não conseguem resistir ao chocolate, mesmo cientes dos seus potenciais efeitos adversos, existem estratégias para minimizar os impactos na saúde da pele. Investir em um cuidado de pele adequado, com produtos específicos, e manter uma dieta equilibrada são essenciais.

Veja também:

Ranking revela os 10 melhores pratos típicos do Brasil; confira

Além disso, é importante buscar orientação de um dermatologista para um tratamento adequado e personalizado. Alimentos de baixo índice glicêmico, ricos em ômega 3 e zinco, podem ser grandes aliados na luta contra a acne, como afirmam os especialistas consultados. A hidratação, através da ingestão adequada de água, também desempenha um papel crucial na saúde da pele.

Imagem: And-One / Shutterstock.com

Relacionadas