Confira sete erros na hora de cuidar de seu cabelo

Ao lidar com questões capilares, muitos de nós recorremos a soluções caseiras sem consultar um profissional, o que pode resultar em danos aos fios. Dessa forma, para evitar esses contratempos, é crucial estar atento a sete erros comuns ao cuidar do seu cabelo, identificados como prejudiciais por especialistas do ramo.

Portanto, seguir essas recomendações simples abaixo pode contribuir significativamente para a saúde e beleza dos seus cabelos. Ademais, consultar um profissional também é fundamental para identificar as necessidades específicas do seu cabelo e evitar danos a longo prazo.

Veja também:

Novo recurso do YouTube vai permitir que usuários corrijam as legendas automáticas; saiba mais

Erros ao cuidar do cabelo

Mulher de costas com o cabelo em movimento
Imagem: kei907 / shutterstock.com
  1. Excesso de shampoo ou condicionador: Usar mais do que o necessário pode não trazer os resultados desejados. É fundamental escolher produtos adequados às necessidades do seu cabelo e seguir as instruções de aplicação;
  2. Esfregar a toalha na hora de secar: O atrito pode causar quebra e frizz, especialmente em cabelos finos ou quimicamente tratados. Ao secar, envolva suavemente os fios na toalha e pressione delicadamente para remover o excesso de água;
  3. Substituir o condicionador pela máscara: Cada produto tem sua função específica. Enquanto o condicionador trata e condiciona diariamente, a máscara oferece um tratamento mais intenso e deve ser usada conforme a necessidade capilar;
  4. Aplicar condicionador na raiz: Evite essa prática para evitar descamação e oleosidade excessiva. Aplique o condicionador apenas do meio às pontas, massageando bem, e enxágue conforme o tempo indicado na embalagem;
  5. Lavar o cabelo com água muito quente: A temperatura elevada pode ressecar os fios e aumentar a oleosidade. Opte por água morna ou fria, mesmo durante os meses mais frios;
  6. Prender o cabelo com elástico: O uso frequente de elásticos pode causar danos, especialmente se não tiverem proteção de tecido. Prefira opções mais suaves e evite tração excessiva na raiz;
  7. Adiar o corte por muitos meses: Mesmo para quem deseja cabelos longos, é essencial manter a periodicidade dos cortes a cada 40 a 60 dias para evitar pontas duplas e desigualdade no comprimento.

Imagem: Element5 Digital / Unsplash

Relacionadas