Comprar um carro que já saiu de linha pode ser um bom negócio?

O carro se transformou em um item de necessidade para muitas pessoas, especialmente pelos diversos problemas enfrentados pela população com o transporte público: superlotação, falta de conforto, problemas com o trânsito, etc.

Daí surge a necessidade de adquirir um veículo. É uma tentativa de conseguir, em certa medida, uma melhor qualidade de vida. Nesse contexto, quando partimos para a pesquisa de preço, comprar um carro que já saiu de linha parece ser uma boa opção.

Neste artigo, a Optclean vai discutir um pouco sobre comprar um automóvel que já não é mais fabricado ser um bom negócio ou não, medindo os prós e os contras. Ficou curioso e quer acompanhar mais informações? Então fique por aqui e confere tudo que a gente preparou.

Comprar carro que já saiu de linha: vale a pena?

A principal discussão que se faz a respeito da compra de carros que saíram de linha é quanto aos impactos financeiros que ele causa, especialmente no que diz respeito à valorização do veículo durante o ato de revenda, ou até mesmo quando é necessário fazer uma troca de peças.

Além disso, existem pessoas que têm preferências por novas tecnologias, que geram uma experiência ainda mais completa com o veículo. Entretanto, veículos de modelos mais antigos não costumam contar com esse tipo de recurso, haja vista sua estrutura mais desatualizada.

Imagem do carro Gol na cor cinza
Imagem: Art Konovalov/ Shutterstock.com

É importante destacar que não são apenas aspectos negativos que permeiam a compra desse estilo de veículo. Contudo, os critérios variam diretamente do perfil e preferências do comprador. Por isso, existem casos que sim, vale a pena comprar.

Veja também:

5 marcas de refrigerante que não existem mais, mas que deixaram saudade; você lembra delas?

Quais casos compensam a compra de carros mais antigos?

Existem muitos modelos de carros que deixaram de ser fabricados, mas que são alternativas muito interessantes para quem está buscando economizar na compra do veículo, como o Gol, da Volkswagen, um modelo popular muito conhecido e querido.

Ele deixou de ser fabricado pela marca há certo tempo, porém continua como um candidato forte no mercado, por ser mais barato e ser um modelo mais simples no mercado dos usados. Suas peças também costumam ter disponibilidade caso seja preciso fazer algum reparo.

Imagem: lumen-digital / Shutterstock.com

Relacionadas