Bolsa Família: falta de vacina infantil pode fazer a família deixar de ganhar o benefício?

Desde que assumiu o Executivo, o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem realizando uma grande reformulação no Bolsa Família. O programa, que durante o mandato de Jair Bolsonaro se chamava Auxílio Brasil, voltou a ter o nome dado originalmente pelo próprio Lula quando a iniciativa foi criada em 2003.

No entanto, não foi apenas o nome que mudou. Além de ter alterado as regras de alguns benefícios, o governo vem fazendo nos últimos meses uma grande atualização cadastral que está revisando todos os cadastros do programa. Até julho, cerca de 934 mil registros irregulares foram cancelados.

A “limpa” que está sendo feita tem como objetivo identificar beneficiários que estão transgredindo as regras do programa de diversas formas. O Bolsa Família estipula uma série de exigências para que os repasses sejam feitos, e uma delas é a atualização do cartão vacinal infantil.

Problemas com vacinação podem impactar Bolsa Família

De acordo com o Metrópoles, ao longo do governo Lula, 393 famílias já deixaram de receber alguma parcela do benefício por falta de vacinação em crianças. O acompanhamento vacinal é um dos pré-requisitos para a concessão dos valores oferecidos pelo programa.

Veja também:

Conversas secretas no WhatsApp: aplicativo terá bloqueio de conversas com senha

A regra chegou a ser alterada durante o mandato de Jair Bolsonaro. Na ocasião, o ex-presidente retirou a obrigatoriedade da vacinação, que foi retomada esse ano por Lula.

Vale lembrar que o descumprimento da exigência não gera cancelamento definitivo do benefício, mas pode prejudicar financeiramente uma família beneficiária. O cancelamento é considerado uma medida extrema e só ocorre em casos de reincidência.

Acompanhamento vacinal é gratuito

A vacinação infantil é oferecida pelo SUS e pode ser feita em qualquer posto de saúde. O Sistema de Saúde brasileiro oferece as seguintes doses para crianças:

  • Vacina contra poliomielite;
  • Vacina contra meningite;
  • Vacina contra caxumba;
  • Vacina contra o sarampo.

Também é importante lembrar que o Bolsa Família tem outras exigências relacionadas à saúde. As famílias beneficiárias devem realizar também o acompanhamento nutricional das crianças e os exames pré-natais (em casos de gestação).

Imagem: ronstik / Pixabay.com

Relacionadas